3 de janeiro de 2010

Editorial: FIM DE BLOG.

Olá amigos, vim comunicar a vocês que hoje, depois de 6 meses, a partir de muito esforço da minha parte para mantê-lo vivo, depois de mais de 300 reviews, o Are You Ready To Wrestling está chegando ao fim. Leia o resto e entenda os motivos.

Bem meus caros, 6 meses atrás eu tive a idéia de criar um blog para postar reviews, pois a blogosfera tinha esta necessidade. Poucos davam importância e a devida relevância que isto merecia. Mas bem, com 6 meses de trabalho, consegui estabelecer um nome para o blog... Porém, foram 6 meses de trabalho quase solitário.

No meio deste trabalho eu tive o apoio de várias pessoas, não posso deixar de citar isto. Teve o T-Bag, Diego - Bhussunda, Julio Cesar - Hitman, Ingo, Johnny Boy, Cortez, o Felipe Zé Spoiler, vários Matheus que passaram por aqui, Rique, Blood que fazia biografia de lendas, Fernando que fazia a Avaliação Semanal, Nowaki, o Lucas que continuou a fazê-las... Deve ter tido outras pessoas, mas peço desculpa se tiver esquecido de alguém. Foi esta a equipe do Are You Ready To Wrestling durante estes 6 meses. Pois bem, se toda esta equipe estivesse reunida, junta, nós seriamos um dos melhores blogs de wrestling. Porém não foi isto que aconteceu. Durantes estes 6 meses, esteve apenas eu, com mais 2 ou 3... E foi assim, e agora estava sendo... Isto é muito triste, afinal, quando eu tive a idéia de iniciar este projeto, eu esperava formar uma "família". E na verdade, eu acabei foi perdendo amigos... Sim, durante este passar dos tempos, tive algumas discussões, entre outras coisas...

O blog começou a tomar e dominar a minha vida. ISTO NÃO PODE ACONTECER. Não tem cabimento. Neste final de ano eu tive inúmeros problemas pessoais, que não lhes diz respeito, e por isto tive que me afastar da função, e passei tal para outras pessoas. Eu depositei confiança neles. Porém, as pessoas também possuem suas obrigações, e melhor, elas também valorizam a vida. Coisa que eu não estava fazendo.

Eu recomendo a vocês lerem um livro chamado Christine, de Stephen King... Quem já leu, sabe do Plymouth Fury. E sinceramente? Eu acho que este blog estava sendo o meu Plymouth Fury. Eu acordava de madrugada para fazer reviews em primeira mão... Eu saia com meus amigos pensando nas visitas que o blog estava recebendo, pensando no conteúdo pro dia seguinte.

ISTO NÃO PODE ACONTECER. O Hobby se tornou uma obrigação. E quando isto acontece, é melhor abandonar o barco.

Na última semana eu fui vitima de vários trotes... E após estes trotes, eu cheguei a conclusão de que a sociedade de fãs de wrestling é a pior possível para se conviver. Aqui existem pessoas legais, não posso negar. Neste meio me tornei amigo de gente como Fábio Corbari, Iran Santiago, Jack - apesar de eu ser meio Jason, e vivermos encenando Jack vs. Jason hehehehe, Flávia Helena, e alguns outros aí que provavelmente vocês não conhecem. Conheci aqui pessoas agradáveis, como o Marcos Amaral, Igor Lopes, e uns outros por aí.

Assim como conheci a parte podre. Gente chata, prepotente, que se acham a última bolacha do pacote, que não fazem nada a não ser perturbar a vida alheia. Não, não estou falando dos caras do Universo Noob, até porque reconheço o trabalho deles, e acho interessante, que é apontar os erros, pois apenas com os erros que aprendemos. Apesar de eu e o Sr. UN não nos entendermos, eu reconheço que ele faça algo legal. Mas vocês sabem o motivo de ele fazer algo legal? Ele não tem a obrigação de fazer aquilo, ele não se importa com aquilo, ele faz na esportiva, com humor, um puro e verdadeiro Hobby. E é assim que a blogosfera deve ser. Blog foi feito para ser um hobby, e não um jornal. Existem blogs completos, que fornecem filmes para downloads, isto e aquilo. Mas estes blogs também são hobbies...

Eu gostaria mesmo de ter como Hobby um blog. Chegar aqui e escrever algo, para as pessoas lerem, refletirem, concordarem ou não, debaterem e etc. Porém depois desta semana eu vi que isto não é possível. Na certa deve ter uma meia-dúzia de pessoas pensando: "Eba, finalmente consegui!"

Bem, em partes sim, em partes não. Eu não estou reclamando apenas por causa de um cara com problemas mentais chamado Jorge Marques, eu estou falando de um conjunto da obra. Fãs de wrestling querem ser melhores do que os outros, querem se sobressair, querem humilhar os demais. Querem aparecer a todo custo. E eu tenho que ser sincero, já estou enjoado deste povo. Se você quer se tornar famoso, meu chapa, faça algo de respeito, não fique por aí querendo ficar famoso as custas dos outros, e pior, usando a falha alheia apenas para isto.

É legal rir das falhas dos outros, como por exemplo, o mesmo Jorge Marques, mostrar que é uma inteligência em pessoa, e dizer que a década de 00 ainda não acabou. Ele acha que os anos 10 começam em 2011... Enfim.

Eu vi por aí gente desocupada que esnobou de mim, com um vídeo legendado, e outro editado, de quando eu vi Stone Cold. Bah, realmente, meu inglês ESTAVA uma merda. Hoje eu melhorei tanto, que eu faço review praticamente traduzindo as falas. Você pode encontrar isto perfeitamente nos reviews de Raw Is Wars, que são os reviews que eu mais gosto de fazer, e faço com carinho. Acho legal que o povo de hoje em dia é muito hipócrita, eles dizem que gostavam da época violenta, attitude era, e o caralho a quatro, e os reviews de Raw Is War são os menos acessados... Eita povinho...

Como eu dizia. Eu peguei uma certa raiva disto tudo, e acho uma puta estupidez da minha parte continuar com um blog ao lado de 3 pessoas apenas. Não desmerecendo o trabalho do Cortez, nem do NemoTaker, e nem do Lucas, porém não dá para administrar o blog. Eu estou saindo fora desta. Não vou parar de assistir wrestling. Ora bolas, eu assistia muito bem sem precisar de blog, eu nunca precisei de comunidade no orkut para acompanhar wrestling, nem youtube, nem o caralho que for, e continuarei assim. Já vai fazer 4 anos que eu acompanho tudo isto, e é incrível, como os fãs não mudam.

Quando comecei, eram os fãs de Portugal. Eita povo brigão... Aqui não é muito diferente...

Finalizando, eu peço desculpas para quem contava com um novo review, um novo artigo, para quem estava contando conosco, realmente é muito chato, mas manter um trabalho sem gosto, e sem receber remuneração realmente é chato. Quando nós fazemos o que gostamos, e com a mente tranquila, não nos importamos com a reciprocidade, porém quando isto se torna uma obrigação, as coisas mudam.

Obrigado, repito. Alcançamos boas marcas, tivemos mais visitas que muito blog fajuto por aí. Aí vai a dica, vários blogs usam contadores falsos... Tem blog que diz que completou 200 mil visitas, mas na real não passa dumas 20 ou 40 mil. Os únicos blogs grandes e que possuem muitas visitas que eu reconheça são o: Portal da Luta Livre, e o Get Ready To Rumble. Só.

E aqui termino este editorial. Enjoei de tudo isto! Só estou fazendo o editorial porque muitos estão contando conosco, e preciso dizer que não tem como continuar. Sinto muito!
Clique aqui para ler o resto

2 de janeiro de 2010

Olhar Crítico #10 - O último campeão.

Bem, na continuação do post um artigo falando sobre os negros que fizeram fama e sucesso no wrestling, seja na WWE, WCW, TNA, ou federação que for. Claro que se tiver um negro que fez sucesso no wrestling na África não conta, né? Então, Are you ready?

http://blogdolincao.zip.net/images/lh.jpg

O ÚLTIMO CAMPEÃO.

Se eu começasse agora e fizesse uma lista de lutadores que portaram o cinturão de campeão mundial de grandes federações, e contasse o número de negros presentes nesta lista, ele realmente seria um número reduzido, talvez eu pudesse contar nos dedos da mão. Pois bem, eu poderia agora mesmo citar todos os negros presentes em tal lista, mas seria demasiado chato, e eu não estou aqui para dar aula de história. Entretanto, eu não posso cobrar que em países como Estados Unidos, México, Japão, Canadá entre outros haja muitos campeões afro-descendentes. Isto porque esses lugares possuem uma população tipicamente branca, e no caso do Japão e do México, parda. Foram os negros que adentraram tais territórios, e não lá que nasceram - em fatos históricos, mesmo eu tendo jurado que não daria aula de história. Contudo, com o chegar da modernidade, globalização e tudo mais, não existem mais aquela de que: "Na Itália só tem brancos!" Afinal, qualquer negro com um passaporte pode migrar-se para lá e estabilizar a sua família... Mas a questão que quero discutir não é sobre a população em si, mas sim sobre a oportunidade que os negros têm e tiveram. Na Suíça, segundo relatos, o povo ficou abismado ao ver a mão de um negro, pois a palma da mão era branca... Acredito que o interesse tenha sido comum em demais regiões. Assim como seria estranho para nós, brasileiros, vermos um homem azul. Há uma diferença, e é hipocrisia dizer que não. Alguns podem achar interessante, outros exóticos, mas se você é dono de um estabelecimento, na certa não gostaria de ter uma figura diferente gerenciando os seus negócios...

Eu pretendia falar de luta livre, e acabei dando esta volta para falar sobre raças... Desculpem-me, isto... Acontecerá em breve novamente. Na WWE não faz muito tempo e um negro fez sucesso, este era Bobby Lashley, que, aliás, por questões étnicas abandonou a companhia, pois se sentiu ofendido com o comentário de um dos funcionários da equipe criativa a respeito de Mark Henry. Na TNA, que eu me recorde, o Booker T até que segurou a barra. Mas fato é, nem Lashley, nem Booker T seriam capazes de ser a face das respectivas companhias as quais representavam. Por ventura, você já viu algum negro ser capa de pôster de algum pay-per-view? Não me lembro da última vez, se é que teve a primeira em vi algo parecido.

Se nem em pôster apareceram... Quando foi o último campeão mundial? Vishi, agora só recorrendo a Wikipédia para saber. E como você não é deficiente, vá você mesmo caso tenha tido esta curiosidade. É fato consumado, negros não têm aparecido no main event, nem da WWE, nem da TNA. Nos lados nipônicos é até desnecessário falar. Aliás, eu conheço poucos wrestlers japoneses, apenas os mais famosos, pois quando vou ver uma luta, dizem assim: X vai lutar contra Y... Só há uma maneira de diferenciá-los... Pelo cabelo. Se ambos tiverem o mesmo corte de cabelo e não forem muito diferentes fisicamente, tu vai torcer pelo cara com roupa de “cor” diferente, mas não vai saber pra quem é... Ok, nem é tão tão assim, porém é complicado identificar, afinal, ler aquelas letrinhas nipônicas não é tão simples e fácil o quanto parece, quiçá entender o que os comentaristas falam. Pelo México eu digo o mesmo, não me lembro de nenhum negro por lá. Aqui no Brasil, apesar da população negra ser em maior escala (repito, escala) do que nos demais países, segundo o que a história nos fornece nenhum negro fez muito sucesso num ringue de luta livre.

http://4.bp.blogspot.com/_s-V_IgpOTXI/SGLU4Hb7QlI/AAAAAAAAAKE/LhpOov3-FRw/s400/Kofi_Shelton_ER.jpg

De fato, os negros não fazem muito sucesso na luta livre. Ou melhor, até fazem certo sucesso, mas apenas em grupo. Eu não moro nos Estados Unidos, depois se alguém que mora, já morou, ou conhece melhor do que eu puder, pode me corrigir, mas pelo o que eu saiba existem lugares nos Estados Unidos onde só existe negros, esta informação procede? Pois bem. Talvez seja isto, mas alguém já reparou que a WWE insiste em juntar negros duma vez só? Talvez para nós funcione desta maneira, derrepente de lá eles gostem, mas alguém notou que sempre que podem colocam os negros do mesmo lado da moeda? E, diga-se de passagem, todos os negros são faces. E é até um fato curioso, o último negro heel foi Shelton Benjamin, mas ele não conta, pois não tem carisma o suficiente para ter um grande heat, mas seria também uma boa jogada não colocar negros em feuds de destaque, para não ocorrer o tal racismo. Que tal?

Cheguei ao ponto chave. Racismo. Como a própria palavra diz, quer dizer definição de raça. Assim como eu li num blog de um cara muito inteligente (citarei ele no final), você define cachorros por raça, isto para escolher... " O Pit Bull será o cão de guarda... O Labrador o meigo e responsável... O Vira-Lata, será o vira-lata..." Com esta definição de raça, acabamos por definir qual é melhor para cada tipo de coisa, não é? Porém, no fundo, tudo não é cachorro? Tudo não dá no mesmo, pertencente da raça canina? Mas com esta divisão de raças, você define que um Pit Bull é melhor do que um Vira-Lata para vigiar a sua casa. Se você cria uma definição de raças, então tu acabas dizendo que uma é melhor do que a outra, certo? Feito isto, então ao eu dizer que existe a raça negra, eu digo que tem a raça branca, mestiça, parda, entre outras... Se existem tantas raças, qual a melhor? Aí que está o X da questão, não há uma raça melhor do à outra, e voltando ao assunto principal, não é porque um lutador é negro, branco, pardo, ou da cor que for que ele será melhor do que o outro. Eu acho que essa história de raças não é uma boa “história”...

Seria este então um dos motivos para não se colocar lutadores negros em destaque? Digo, poder rivalizar com o microfone em mãos... Seria o medo do outro lado da moeda, no caso, o vilão, citar: "Você é um negro, volte para a sua raça..." Seria este o que impede de muitos talentos poderem brilhar? Maldito seja aquele que um dia definiu um homem como negro, e outro como branco. Aliás, que idiotice é esta que eu não posso chamar um negro de preto que é racismo? Chamar um caucasiano de branco é considerado racismo? Não né... Eu sou branco, claro que já fui mais do que sou, graças ao maldito verão carioca, mas se eu fizer um auto-retrato numa folha branca, eu não vou pintar o meu rosto, apenas adicionar sombras... Já se eu fosse negro, usaria o lápis de cor marrom em tonalidade mais escura para dar cor ao meu rosto. Usar o lápis de cor marrom seria racismo então? Dizer que o meu rosto seria preto, ou no caso, marrom, é preconceito?

Eu estou com absoluta certeza de que seu pensamento ao começar a ler este texto era totalmente o contrário do que é agora, chegando perto do fim. Mas você consegue imaginar o motivo de que não te tenha muitos campeões mundiais negros? Um lutador para portar tal cinturão vai precisar falar no microfone, vai ter que rivalizar, e isto acabará caindo no racismo para ter “graça”. Afinal de contas, vai ser justamente isto o que o público quer.

Onde mora o seu racismo? Onde mora o seu preconceito?

Não adianta esconder, você nasceu com ele. Não vai ser elegendo um presidente negro que vá mudar isto. Os africanos sempre elegeram presidentes negros, e nem por isto deixaram de ser racistas afinal, o que mais tem na África é guerra por causa de etnia...

http://www.almanaquedacomunicacao.com.br/blog/wp-content/uploads/2008/11/familia_50.jpg
Preto e Branco foram para estar juntos, a tv começou ser em preto e branco...

Então é por estas e outras coisas que eu acho que o tal push de Kofi Kingston não vai durar muito. Conquistar um título de midcard é tranquilo, o lutador se torna campeão, tem as suas rivalidades, deve apenas lutar bem, e manter-se longe do micro... Porém, se Kofi chegar mesmo ao Main Event da WWE, e conseguir uma rivalidade decente pelo título mundial da WWE, mais hora ou menos hora algum booker vai dar a idéia pro vilão citar a raça de Kofi. Mas por céus, a raça dele é a raça humana... Mas ao heel chamar Kofi de Black, o mundo virá abaixo, mesmo que para pintá-lo num desenho eu utilize um lápis de cor black...

Não adianta, este texto foi apenas um manifesto, ele não vai mudar o mundo. Não vou morrer tentando, apenas fiz a minha contribuição para tentar mudar algumas mentes. Hitler começou pobre, alistou-se, serviu, e começou a influenciar poucos... E de pouco em pouco, dominou a Alemanha, e se impôs no mundo... Não sou Hitler, e nem quero ser, mas se um ser humano, da raça humana, conseguiu mudar muitos pensamentos, por que eu não posso tentar? Mesmo que minha voz não chegue muito longe, ela vai além de onde eu possa imaginar. Na certa o povo que me ama e está lendo este artigo deve estar falando: "É, o "Vampirinho" adora escrever lorota, falar de vários assuntos toscos e óbvios para se sentir o Expert..." Pode parecer algo bobo e superficial, mas wrestling envolve mais do que uma luta num ringue, wrestling envolve toda uma política por trás daquilo. Talvez seja fácil para você, brasileiro, ler isto e compreender. Compreender enquanto nada aconteceu para contigo. No dia em que chegar a algum lugar e for recriminado por ser brasileiro, ser da raça brasileira, mesmo sendo da raça humana, talvez possa dizer: "É, o "Expert do Vamp" tinha razão..."

Enquanto isto vamos esperar para ver. Já surgem rumores de que Kofi Kingston será o vencedor da Money In The Bank Ladder Match da próxima WrestleMania. Boatos, rumores... Prováveis de se concretizarem... Uns acreditam na sua possível ascensão pela falta de wrestlers negros que possam representar a empresa. Eu acho que isto não se sucederá... Não enquanto a população não mudar e estiver pronta para aceitar um campeão mundial negro, que possa ser chamado de negro, e responder de volta: Não sou negro, assim como você não é branco, nós somos humanos... Conseguem perceber o pop que isto teria de volta??? WWE, chama-me pra ser um booker!

Obs: Para quem não entendeu a história de Vampirinho, isto é um termo pejorativo que ganhei como presente de uns velhos amigos.
Oss 2: Inspirei-me a escrever este artigo após ler Um post racista, no blog do Danilo Gentili. Recomendo a vocês, muito bom.

Deixem seus comentários e opiniões! :-)
Perca os seus preconceitos e descobrirá coisas novas e maravilhosas. Não me refiro apenas ao preconceito com negros, refiro-me a qualquer tipo de preconceito... Mas também não vai sair por aí experimentando tudo que é coisa, né meu chapa? ;)
Clique aqui para ler o resto

31 de dezembro de 2009

Olhar Crítico #9 - Os piores do ano, 2009

Bem, eu prometi, e aqui estamos. Se segunda-feira tivemos a premiação de melhores do ano, agora vamos para o outro lado da moeda. Os piores do ano. Citarei aqui aquilo que nos envergonhou de ser fãs de wrestling, erros que comprometem toda a imagem deste esporte de entretenimento, sigam-me os bons e leiam a continuação.

Pior Show Semanal:

Na certa você estava esperando que eu citasse a PIOR FEDERAÇÃO. Porém isto não acontecerá, afinal não tem como eu afirmar com convicção que em 2009 tivemos a pior federação de wrestling. Todas elas mostraram boas coisas, pelo menos as federações que se permita conhecer. Se tem um grupo de wrestling que luta em Cuba, não tem como eu conhecê-los... Pois bem, já aos shows semanais, podemos premiar um em especial como o pior de 2009. A Raw tentou ganhar este prêmio, mas não conseguiu... O começo do ano foi bom, e o fim também - quando Batista saiu da Raw as coisas melhoraram bastante, principalmente quando Orton foi rivalizar com Kofi Kingston... A Raw esteve ruim mesmo do período pós-WrestleMania até... até... Sei lá quando foi que melhorou, mas teve uma hora que nem se tornou tão perca de tempo assistir Raw... Já por outro lado... Os TNA-zetes vão reclamar, mas o que vou falar agora não deixa de ser uma verdade, e eles têm que concordar. O Impact este ano foi uma perfeita porcaria. Tivemos ao longo deste ano poucas edições do programa que foram boas, o show manteve-se em promos, promos, e mais promos... Num programa de 2 horas de duração, 30 foram destinados para comerciais, outros 30 para promos em ringue, mais 20 para promos de bastidores, restando 40 minutos para combates, sendo que 20 minutos apenas para a entrada dos wrestlers. Dos 20 restamtes. 5 minutos é para combate de Knockouts, e outros 10 minutos para a velha guarda da TNA. Ou seja, tem como um show que foi assim o ano inteiro não receber a premiação de Pior Show Semanal?

IMPACT!
http://cache.kotaku.com/assets/resources/2008/04/tna_impact.jpg

Pior Wrestler:

Bem, como citei sobre piores federações, eu não conheço todos os wrestlers do mundo. E se conhecesse, isto significaria uma coisa, que eu seria um desocupado. Existem sempre os caras que nós adoramos reclamar, como Batista, John Cena, Batista, algum outro, Batista, e batiscetera... Mas 2009 foi marcado por um wrestler em decadência... Já ouviram o ditado de que quanto maior é o tamanho, maior é a queda? Isto pode ser aplicado para o vovô Kevin Nash. O ex-Diesel perdeu seu combustível, e tem se encostado no ringue vergonhosamente, apagando de nós toda uma boa imagem que ele já teve. Sim, apesar de muitos não o suportarem, Nash já fez belas lutas. Neste ano teve um combate violento contra Mick Foley pelo "Legends" Title... Aquela luta foi muito chata, detestei... Há um tempo, 2003 se não me engano, Nash numa forma melhor que a atual, fez uma verdadeira luta violenta que dá vontade de ver, rever, e rever mais uma vez. Foi a Hell In A Cell contra Triple H, no Bad Blood. Ele protagonizou um dos combates mais sangrentos e violentos da história. Nash no ringue foi ruim, a sua desenvoltura foi fraca, tudo, não gostei de nada do que ele fez, e muita gente também não...

Kevin Nash
http://keenookevin.files.wordpress.com/2009/04/kevinnash_1204567222.jpg


Pior Rivalidade:

Em 2007, tivemos a luta entre Hornswoggle vs. The Greak Khali... Claro que você não espera nada disto... De fato. Para este ano, o anão ainda continuou aprontando muitas. A sua vítima foi Chavo Guerrero. Ambos fizeram uma rivalidade bem estúpida, onde só o anão venceu, e Chavo foi mais do que humilhado. Isto foi o cúmulo do ridículo. Não vou me rebaixar aqueles que só sabem reclamar. De fato teve o seu teor cômico, porém humilhar tanto assim um wrestler é demais para qualquer um, isto se assemelha com o episódio Dr. Doom on Doom's day, de Twilight Zone. Por favor Sr. Destino, interfira no de Chavo...

Chavo Guerrero vs. Hornswoggle.
http://cdn.bleacherreport.com/images_root/slideshows/1030/slideshow_103060/display_image.jpg

Freak do ano:

Talvez poucos conheçam o real significado da expressão, e de onde ela surgiu. Há muito muito muito tempo atrás, foi criado um filme que retratava de aberrações, reais aberrações. Não estou me referindo a monstros, dinossauros, ou qualquer coisa que um computador possa editar. Refiro-me a pessoas com problemas físicos, do tipo; mulheres com barbas, homens baixos de mais, outros muito altos, orelhas maiores que o espaço entre o olho e o nariz... Este filme foi denominado como FREAK. Desde então, este nome tem sido utilizado para se especificar sobre aberrações. Qual seria a aberração do ano?

Santina Marella
http://i326.photobucket.com/albums/k431/wrestlingbrat/01santina0405.jpg

Por Deus, eu ainda me pergunto quem diabos teve esta idéia. Não me refiro sobre o "desrespeito" com Santino, ou divisão feminina, afinal poderia ser qualquer outro wrestler a cumprir tal papel, e divisão feminina, plaft, we want pussy! Mas é inegável que neste ano isto foi uma terrível aberração. Quando nós achávamos que Beth Phoenix, Melina, ou até mesmo Trish Stratus receberia o prêmio de Miss WrestleMania, eis que surge a criatura mais medonha, um homem musculoso vestido de mulher. Sem dó nem piedade, este prêmio vai não só para Santina, mas como para quem teve tal idéia estúpida!

Pior promessa:

Esta categoria poderia enquadrar wrestlers... Poderia citar aqui muitos... Mas não vai ser disto que citarei. A pior promessa deste ano foi uma rivalidade que tinha de tudo para roubar as atenções de todos os fãs de wrestling. Em 2008 a TNA recebeu um grande pop com o começo da rivalidade entre o Main Event Mafia e os Front Line. Todo o cenário começou a ser esquematizado ainda em 2008, e no começo de 2009 tinha tudo para ser algo perfeito. Porém não foi isto o que aconteceu. Tudo aquilo foi por água abaixo... Para não contar o término esdruxulo, com Samoa Joe desfragmentando a Stable dos Ex-WWE, e no final das contas traindo os Frontline. A TNA teve a faca e o queijo na mão, mas ainda assim morrem de fome. É inadmissível que com tudo esquematizado, ainda tenha dado errado. Esta sem dúvida alguma coisa pior promessa.

FrontLine vs. Main Event Mafia
http://www.uptiki.com/images/5h7xqw9xnzb28t06htrf.jpg

Pior Storyline:

O engraçado, e o que eu pude reparar na última premiação, é que WWE e TNA dominaram as categorias. Mas realmente é complicado de se ver tais coisas assim em federações do circuito independente... E aqui não vai ser diferente. Uma storyline que poderia até render muito, mas... Não rendeu. O prêmio vai para a storyline envolvendo Donald Trump e Vince McMahon. De fato tivemos storylines bizarras, entretanto... O que dizer sobre isto? Tudo ia muito bem, a Raw foi vendida e Donald Trump é o comprador. Poderia acontecer muitas coisas interessantes a partir daí, porém, morreu. Segundo fontes, os investidores da WWE começaram a tirar suas ações e etc, realmente se tiver sido este o motivo, eu digo: LOL. Os caras vão investir numa empresa de Wrestling Entertainment e não sabem o que é Wrestling Entertainment? É de rir. A partir daí, surgiram os Guest Hosts... Outra idéia um tanto quanto interessante, que foi se tornando pífia...

Raw vendida para Donald Trump
http://www.camelclutchblog.com/wp-content/uploads/2009/06/DonaldTrump.jpg

Pior pay-per-view:

Alguém realmente gostaria de comparar uma Ferrari, e descobrir que nela, invés daquele V8, tem um motor de Fusca? Nada contra os Fuscas, aliás, Fusca que é carro... Passa por qualquer buraco. Mas voltando ao assunto. Muitas federações, até as Indys protagonizaram eventos broxantes, que fazem você ficar animado para baixar, e após assistir, está ali, olhando para o relógio, e se perguntando: Porra, eu poderia estar fazendo qualquer coisa, até mesmo assistindo Faustão que seria melhor do que ver isto... Teve um evento em especial que me deu este sentimento. É chegado o mês de Julho, a WWE nos brinda o The Bash, com uma memorável luta entre Chris Jericho e Rey Mysterio. Porém no ouro lado da moeda, a TNA fez a maior cagada do ano, o Victory Road. Eu dou os parabéns a quem viu aquilo sem dormir. O evento foi uma droga, o Main Event foi a melhor luta da noite, e detalhe pro quão fraco foi aquilo para ser o main event de um pay-per-view. Nenhum fã mark chato da TNA pode negar que este foi o pior do ano. Eu realmente fico com pena de quem comprou e pagou por esta bosta. De bom este evento teve apenas o poster, e Jenna Morasca.

TNA Victory Road
http://www.portaldalutalivre.com/pll/wp-content/uploads/2009/06/victoryroad09.jpg

Pior tag team:

Tag Teams é uam coisa importante para o wrestlng. Que graça teria sem este tipo de combate? Pois é... Em 2009 tivemos grandes tag teams, como American Wolves, Young Bucks, Jeri-Show, Legacy... E o término de algumas, como Miz e Morrison, LAX... Realmente isto é algo que não gosto muito, os wrestlers não se sentem mais no main event ao serem tag team. Contudo eu não posso deixar de notar que existem times extremamente sem química, e que a razão para formarem um time, as vezes é risível. Nos cantos da ECW, dois wrestlers sem bookagem, mas que não podem ser demitidos, pois é o tipo de wrestler que a WWE gosta, formaram time. Vladimir Kozlov e Ezekiel Jackson. Eu devo dizer que gosto de ambos lutando. Apesar da grande maioria hoje em dia odiar power houses, bombados e afins, e insistirem com aquele discurso patético: "Ah, o único power house bom mesmo foi Brock Lesnar...", ou então: "Test e outros caras é que eram bombados e bons..." Não é difícil ver comentários assim, afinal, as coisas de antigamente são sempre melhores que as de hoje, não é mesmo? Porém... Ezekiel e Kozlov não possuem a mínima química e carisma um para com o outro. Repito, não os considero ruins, contudo... Essa tag team foi uma M-E-R-D-A! Não há como escapar, e o prêmio de pior tag team vai para:

Ezekiel e Kozlov
http://1.bp.blogspot.com/_6gPfrVKoB1k/SnnVXzaKrsI/AAAAAAAAAuo/NOKK9hHunD4/s400/ecw4.JPG

Momento Boring do ano:

Existiram milhões. O legal deste ano é que a TNA gosta tanto de imitar a WWE, que ao ver Santino se travestindo de Santina e ganhando a Miss WrestleMania, a TNA apostou logo em Cody Deaner pra conquistar o Knockouts Title... É, grande TNA. Eu poderia citar este fato como o momento boring do ano, mas não, houve um pior... No meio do ano surtiu uma praga que assolou milhões de pessoas... Não estou me referindo a Influenza A. E sim ao fato da WWE ter mudado o nome de vários pay-per-views, e adicionado temática a eles. Isto rendeu bons eventos, dentre eles eu ressalto o Bragging Rights e o TLC. Mas nem tudo são rosas. E toda rosa tem espinho. No SummerSlam Undertaker retorna e começa uma rivalidade com o CM Punk. Tudo ia muito bem, obrigado. Agora me permitam uma pausa, eu prometo que retorno. Alguém aqui joga EWR? Vocês têm que desenvolver muito uma rivalidade, e quando termina, para deixar ambos over tem que terminar com uma gimmick match, certo? Ok... Agora eu retorno aonde estava. As gimmicks matches são essenciais para o wrestling, sim, porém elas só podem acontecer em determinados momentos, e não a qualquer hora, caso contrário compromete a rivalidade, o evento, e tudo mais. Uma feud de poucas semanas já teve uma submission match, como pode isto? E logo em seguida uma Hell In a Cell Match! Oh! Damn! E logo depois não teve para onde correr, aquela que poderia ser a melhor rivalidade do ano, foi estragada por uma falta de planejamento. Mas mais do que isto, ainda protagonizaram o momento boring do ano. Em pleno Canadá, a WWE não se conteve, e aquele ser que vive dentro do cérebro da equipe criativa teve uma idéia pífia. Montreal Screwjob V2. Eu compreendo que isto era essencial para manter o reinado de CM Punk, e manter a moral de Undertaker. Mas me respondam, não havia nenhuma outra maneira? A falta de criatividade me dá nos nervos, e o momento boring aqui está:

Montreal ScrewJob Versão 2009
http://www.wrestlingvalley.org/wp-content/uploads/2009/09/CM-Punk-defeated-The-Undertaker5.JPG

Botch do ano:

Eu poderia citar milhões de botches, golpes mal executados, Batista, momentos engraçados, Batista, e etc. Entretanto, antes de citar o Botch do ano, tenho que fazer uma ressalta. Errar ao executar um golpe não define que o wrestler seja ruim. Durante a sua época de atividade, Sabu foi um grande wrestler, mas hoje em dia parece que tudo o que ele fez não significou nada, e apenas os erros dele é que valem, não é? Enfim, um Botch para ser considerado o Botch do ano, ele tem que ter sido mais que um erro, ele tem que ter representado perigo, um perigo eminente. Um grande Botch foi o piledriver de Owen Hart que quebrou o pescoço de Steve Austin. Outro grande Botch foi a corda ter arrebentado e Owen ter morrido... 2009 foi marcado por um botch que muito se assemelha a um spot, porém poderia ter aposentado o Deadman. Isto foi durante a WrestleMania 25, quando Undertaker aplicou um Suicide Dive no meio do nada. O erro não ficou por conta do Deadman, mas sim do cinegrafista... Que nada mais era do que o filho de Jimmy Snuka. É perceptível o desespero de Shawn Michaels, que jogou tudo pros infernos e puxou o cameraman desesperadamente. Undertaker quase cai de cabeça no tatame. Conseguem imaginar nas consequêcias que isto poderia ter gerado? Por isto, o Botch do ano vai para:

Suicide Dive sobre cameraman fujão.
https://s3.amazonaws.com/cs-saskatoonstarphoenix/CommunityServer.Components.UserFiles/00/00/00/84/52/wm-taker.jpg?AWSAccessKeyId=0TTXDM86AJ1CB68A7P02&Expires=1262295129&Signature=txd8hTeWLwxZjs4kGipKXxuVOuw%3d

E é chegada a hora, o último item.

Pior luta do ano:

A pior luta tem que ser mais do que inassistível, ela tem que ser humilhante, vergonhosa, a ponto do cara que vê ela realmente ficar em dúvida se deve ou não continuar assistindo wrestling. Qual foi a pior de todas então? Hog Pen match entre Santina e Vickie Guerrero. Alguém tinha dúvidas disto? Além da puta humilhação que deram para Vickie, eu fico me perguntando como a família de Santino e a família Guerrero digeriram aquilo? Podem vir falar: Ah, mas eles ganham para isto, e muito bem! Eu realmente lamento se exista pessoas com esse tipo de pensamento. Um episódio dos Simpsons mostra o que falo, quando Homer vira um "Macaquinho" do Sr. Burnz... Se meu pai ganhasse 50 mil por mês, para lamber bosta dos outros, eu não teria coragem de falar para meus colegas qual é a profissão de meu pai. Ainda assim o acharia um grande homem... Luta no chiqueiro? Oh céus! Se fosse num show semanal, como foi num impact desses aí, até que eu compreenderia... Se fosse com duas mulheres de verdade, e gostosas, compreenderia também, mas por céus, uma velha e um homem travestido, não tem como fugir:

Santina vs. Vickie Guerrero - Hog Pen match
http://www.wrestlingvalley.org/wp-content/uploads/2009/06/vickie-guerrero-vs-santina-marella.jpg

E aqui termina o meu artigo de piores do ano, espero que tenham gostado, novamente tentei ser o mais imparcial possível. Comentem!
Clique aqui para ler o resto

Raw Is War - 23/03/98

E vamos a mais uma edição de Raw Is War. Depois de uma longa pausa, aqui estamos nós novamente. Desta vez é pra ficar? Não sei, vamos ver no que vai dar. Siga a continuação do post e confira o que rolou no último show antes da WrestleMania XIV.

Links para assistir:

http://www.youtube.com/watch?v=stwUYYGxelw
http://www.youtube.com/watch?v=SVwi4gG3-FM
http://www.youtube.com/watch?v=k7nM9hB21gY
http://www.youtube.com/watch?v=-Chn6b2lZOc
http://www.youtube.com/watch?v=6uCHRYHgmpc
http://www.youtube.com/watch?v=FWtk3twGJ00
http://www.youtube.com/watch?v=4x0b5WVen6E
http://www.youtube.com/watch?v=humn7A9jUIc
http://www.youtube.com/watch?v=5ZtEKv9Qz_8

O show começa com Stone Cold Steve Austin indo a ringue. Ele é entrevistado por Kevin, que diz a ele sobre Vince McMahon. Steve Austin mandou Kevin se calar, pois não quer lutar esta noite. Austin disse que Vince não quer vê-lo como o campeão, e disse pra Vince que se ele quer uma luta, só vir naquele ringue, e ninguém irá pará-lo. Austin disse que respeita Shawn Michaels como um lutador profissional, mas não como pessoa, e que quer a bunda de Shawn Michaels. Kevin citou que na semana que vem ele enfrentará Shawn Michaels, e neste programa a DX está ali, a forte DX. Austin se ofendeu, e ameaçou Kevin, e disse que ninguém pode demití-lo da WWF, e nem depois, afinal será o campeão. Então Sgt. Slaughter apareceu, e "desobedeceu" Stone Cold, que disse para ele não entrar no ringue. Slaughter falou pra Stone Cold que ele vai lutar nesta noite, contra o campeão intercontinental, The Rock. Stone Cold se negou a lutar, então Slaughter disse que se ele não lutar, o combate na WrestleMania não valerá o título da WWF. Austin se irritou, fez vários insultos, ameaçou Vince McMahon, e terminou aplicando um STUNNER em Sgt. Slaughter.

Cactus Jack e Chainsaw Charlie vs. Quebecers

A luta começou com os Quebecers levando a melhor graças as suas táticas de time, porém logo Jack e Chainsaw deram um jeito na luta. Enquanto isto, trajando roupas de gala, Billy Gunn e Road Dogg armam mesas e cadeiras, e começaram a beber na rampa de entrada. Os Quebecers aproveitaram para retomar o controle da luta, e atacaram Chainsaw Charlie por bastante tempo. E quando finalmente o time face se recuperou, Billy Gunn interferiu na luta e atacou Cactus Jack. Os New Age Outlaw pegaram as cadeiras e a mesa, utilizando as armas para atacar seus inimigos...

Resultado: Vitória de Cactus Jack e Chainsaw Charlie por desqualificação.
Avaliação: Monótona, *1/2

Double J vs. Steve Blackman

O combate foi em grande parte dominada por Steve Blackman. Alguém sabe por onde ele anda atualmente? Ele lutava bem. Steve valorizou o seu personagem de praticante de artes marciais. Assim como Double J valorizou o seu personagem covarde. Cada um teve o seu momento, destaque para que Blackman visou mais nos pinfalls, e em stiffs. A luta terminou quando Double J subiu no turnbuckle, e Blackman tentou o superplex, porém o manager de Double J, Tenessesse Lee puxou o pé de Steve, então o golpe virou um crossbody, seguido do pinfall, o qual Double J se apoiou nas cordas, e Tenessesse Lee segurava as pernas de Steve. Após a contagem, um segundo árbitro foi avisar ao primeiro sobre a trapaça, mas no final das contas Double J atacou o árbitro, e apanhou de Steve, que foi atacado por Lee, que fugiu ao ver que o ataque não fez efeito...

Resultado: Vitória de Double J por pinfall.
Avaliação: Divertido, *3/4

- Vemos uma limusine chegando na arena, com Triple H, Shawn Michaels, Mike Tyson, e China. Michaels estava vestindo roupa social...

- Foi exibida uma recapitulação sobre a rivalidade entre Undertaker e Kane, focando-se no que aconteceu no programa passado.

Num cemitério, vemos Undertaker perto de um túmulo. Undertaker está no túmulo de seus pais, e lamenta. Undertaker pede a eles para que entendam, e lhe dêem o perdão, pois terá que lutar com seu irmão Kane, mesmo contra a sua vontade, afinal ele não lhe deu outra escolha, e terá que lutar... Mas que no fim vai acabar tudo bem, e a família descansará em paz.

Na arena as luzes apagam, e eis a música inconfundível, seguida de uma grande explosão... É KANE! Acompanhado de Paul Bearer!

Paul Bearer começou intimando Undertaker, zombando dele, e disse que está ali para mostrar a verdade, que Kane tem o mesmo poder que Undertaker mostrou na semana passada, e pediu para vermos isto. Bearer indicou para Kane alguns lugares, e Kane levantava a mão... E a abaixa bruscamente. Com isto, o lugar apontado explodia... Ele repetiu isto três vezes. Na segunda, ele queimou a mesa de comentaristas... Bearer disse que é isto que vai acontecer com Undertaker, e ele ficará apagado, para sempre, sendo isto feito pelo seu irmãozinho, que foi o irmãozinho por 20 anos, mas agora está aqui na WWF, e pode destruir qualquer um, não importando quem. Bearer mandou Kane fazer com um homem qualquer, o que fará com Undertaker... Bearer indicou para um cinegrafista... E sim, Kane pôs o homem em chamas. Kane e Bearer saíram de cena.

Disciples of Apocalypse vs. Midnight Express (com Jim Cornette)

Os Disciples começaram bem, depois foi a vez dos Midnight Express... Porém não foi este o destaque. Primeiramente chegou na ringside os Headbangers... Em seguida os Rock'N Roll Express... Não demorou muito e vieram os Lo Boriscuas. Então os Quebecers... Quando formos ver, já estavam lá a Truth Comission... Depois chegou mais uma dupla. O povo fora do ringue então se desentendeu, e sem titubear, virou uma orgia. Jim Cornette fugiu com os Midnight Express, enquanto o povo se matava no ringue. Isto tudo criando hype para a Tag Team Battle Rumble Match que acontecerá na WrestleMania. O público gritou L.O.D. - Legion of Doom.

Resultado: Empate por interferência.
Avaliação: Simples, *1/4

E aqui termina a Raw Zone... A War Zone começa com a Degeneration-X vindo a ringue.

Triple H saudou a todos, dando boas vindas... E pedindo para vermos o que aconteceu na semana passada ao show, quando China atacou Owen Hart, e ele, Triple H o venceu, tornando-se o novo campeão europeu. Triple H disse que na WrestleMania não vai acontecer nada, e que Owen fez um favor a si mesmo, e não é para ele aparecer na WrestleMania, caso contrário as coisas ficarão ruins para ele. Hunter ainda o insultou, e mandou-lhe dar uma "boa chupada".

Michaels pegou o microfone, e disse que os fãs estão ali para terem uma boa diversão, e focou-se numa fã que estava na platéia - provavelmente bêbada, e muito feia, diga-se de passagem. Michaels fez citações eróticas sobre a fã, e mais piadas... Michaels disse que nas últimas três semanas tem notado o que vem acontecendo entre Steve Austin e Vince McMahon, e vai acontecer uma lutinha que ninguém nunca viu. Shawn citou que Vince não quer ver Austin como campeão, e pediu o suporte dele, e apreciaria isto. HBK disse que gostaria de outra interferência, para que Stone Cold não se tornasse o campeão, e ficasse com sua velha bunda em casa, e em troca a DX não se esqueceria dele. Shawn disse que uma coisa é certa, o título da WWF não vai sair do Heart Break Kid, Shawn Michaels. HBK se auto-promoveu, dizendo ser o único top, e merecedor daquilo, pois é o maior campeão de todos os tempos. Shawn se aproximou de Mike, e fez alusão ao que Vince disse, falando: O homem mais forte do planeta! Shawn deu o microfone para Mike, que disse ser o Mike de Ferro, entre várias provocações. Shawn terminou dizendo que a DX sempre mandará no mundo.

Chainz vs. Farooq

O combate começou equilibrado, com cada um tendo o seu momento. A luta estava boa, e movimentada, mesmo ambos sendo gigantes, eles possuíam uma boa mobilidade em ringue. Sem demorar muito tempo, The Rock apareceu com uma cadeira, e ficou na ringside. A luta seguia, sem a interferência de Rock. Tudo muito equilibrado, trabalhando a base de submissões e troca de socos, e quando Farooq esteve no comando, após aplicar um belo spinebuster, The Rock interferiu, aplicando uma cadeirada em Farooq. Após isto, a Nation of Domination veio a ringue, e eles começaram a se lamentar.

Resultado: Vitória de Farooq por desqualificação.
Avaliação: Mediano, **1/4

Barry Windham vs. Bradshawn

Detalhe para os Rock'N Roll Express que ficaram no meio da torcida acompanhando a luta, e Jim Cornette que estava na ringisde.

Bradshaw entou com muita violência, aproveitando até mesmo da jaqueta para bater em Windham. Após muita violência, Windham revidou, usando também a jaqueta, porém não durou por muito tempo. Menção honrosa para um momento em que ele aplicou uma série de irish whip seguido dos splashes... Quando foi tentar mais uam vez, Barry aplicou um ddt, e tomou controle da luta. Fora do ringue Cornette começou a discutir com os Rock'N Roll. Barry se distraiu, e Bradshawn aproveitou para aplicar um roll up, vencendo o combate. Porém, após a contagem, os Midnight Express apareceram e atacaram Bradshawn. Depois os Rock'N Roll foram ajudar Bradshawn.

Resultado: Vitória de Bradshawn por pinfall.
Avaliação: Interessante, *3/4

Nos bastidores vemos a DX conversando...

É anunciada uma apresentação sobre as revistas da Raw, uma com Sable na capa, outra com Sunny, em trajes bem calientes para a época. Sable entra em trajes de uma dama decente, um longo vestido preto, com Marc Mero.

Mero disse que nos últimos anos tem tomado conta de Sable, sido super-protetor, mas agora a deixará sozinha para tomar suas decisões. Kevin e Ric Rude conversaram, e eles estão decidindo qual das duas será a capa da revista. Rude disse que gostaria de que Sable fizesse parte da capa, e deu um presente pra ela. Sable agradeceu a todos que fizeram disto possível... E então a "baranga" Luna, acompanhada de Goldust invadiram o ringue. Luna atacou Sable, e quebrou o presente em Sable. Destaque para o vestido de Sable que subiu, revelando uma bela lingerie... Infelizmente o "viado" do Rude teve que cobri-la... Logo ele e Mero vieram assisti-la, junto de árbitros... Destaque para que quando ela saiu, parte do vestido estava rasgada e mostrou a lingerie...

- Um belo clipe promovendo o combate entre Kane e Undertaker para a WrestleMania.

Rocky Mavia "The Rock" vs. Stone Cold Steve Austin
Non-Title Match

Rock entrou acompanhado da Nation of Domination, exceto Farooq... Observação... Quem diria que algum tempo depois esta luta fosse se repetir com tanta frequência? ...

A luta começou bem disputada, com várias reversões de submissões, e provocações também. Eles tiveram a famosa troca de socos, troca de clotheslines, e mais troca de socos. Coisas que seriam simples se fossem com qualquer um, mas foi simplesmente magnífico com eles dois. Teve um momento em que Rock fugiu, e Stone Cold atacou até mesmo Mark Henry, e trouxe a luta de volta ao ringue, fazendo Rock suplicar para parar... Após inúmeras fugas, e tentativas por parte da Nation em interferir, Steve Austin pegou uma cadeira - fora do ringue - ficando de costas para Rock, que aproveitou disto para atacar Austin, e o jogar contra a barricada, e a escada de aço, várias vezes... Rock trouxe a luta de volta ao ringue, onde prosseguiu dominando, com direito a uma "ajudinha suja" por parte de Mark Henry, e fomos para os comerciais. Na volta temos Stone Cold prendendo Rock num "mata leão", porém Rock logo escapa e aplica o People's Elbow, tentando pin em seguida... Rock prosseguiu dominando a base de headlock, até Austin se recuperar, mas Rock o conteve... E fez um belo _|_, e partiu para outro People's Elbow, mas desta vez Steve Austin escapou... Porém ainda apanhou um pouco, mas revidou tudo com socos, e finalmente aplicou um Stunner, finalizou por pinfall.

Resultado: Vitória de Steve Austin por pinfall.
Avaliação: Bom, bem legal! O público interagiu muito bem! ***1/2

D'Lo Brown tentou invadir com uma cadeira, porém levou um rápido Stunner... A Degeneration-X apareceu da rampa de entrada, e Austin os encarou com a cadeira. Shawn Michaels pegou o microfone e disse que Steve Austin escolheu levar um sweet chin music, e esta é a última vez que ele lhe viu antes da WrestleMania. Austin desafiou Michaels, e ele viria a ringue, mas Hunter o impediu, e aqui termina o show pré-WrestleMania 14.

Clique aqui para ler o resto

30 de dezembro de 2009

ECW 29/12/09




Fala galera, mais um review da ECW e dessa vez da ultima do ano! E desculpem se alguns acham que tem spoiler na foto, mais essa semana eu não vou responder as críticas...
Sem mais delongas, bora pro review. ;D

_

A ECW começa com um video falando sobre Matt e Evan Bourne voltando para a ECW para participar do ECW Homecoming Tournament.

Matt Hardy vs Finlay - Qualyfing Match for Tournament Homecoming

Parece que não é só Matt e Evan que voltam a ECW, mais Finlay também, e detalhe que nessa luta Christian vem para a mesa dos comentaristas.
Começando a luta como todas começam, Clinch entre os dois e Irish Wiph em que Finlay derruba Matt e em seguida vai para o Headlock, Matt tenta se recuperar mais é derrubado por Finlay que novamente vai para uma submission e dessa vez na sua perna, Matt consegue se recuperar, e aplica alguns Fyre Punchs em Finlay, mas quando sobe no corner para aplicar um golpe Finlay o derruba puxando sua perna direita.
A luta continua e Finlay continua focado na perna de Matt, faz um scoop slam acertando sua perna nas ropes e depois outra vez cai na submission, depois de algum tempo Matt consegue se recuperar e aplica um Neckbreacker em Finlay, mas quando vai aplicar um Clothesline Finlay reverte outra vez acertando a perna de Matt, Finlau continua aplicando golpes na perna de Matt quando o mesmo reverte e consegue aplicar um Side Effect em Finlay, vai para o Pin mas só consegue 2, ele então aplica outro Side Effect, vai para o Pin porém outra vez consegue apenas 2, Matt tenta o Twist of Fate porém Finlay reverte em um Big Boot no corner, ele sobe para aplicar um golpe porém Matt o puxa e ele cai no tablado, Matt sobe no corner e tenta aplicar um Moonsault mas cai no vacuo no tablado, Finlay tenta o pin mas outra vez só 2, Finlay se levanta, agarra Matt pelo cabelo, mas quando vai aplicar um golpe é surpreendido por Matt que aplica um Twist of Fate do nada.

1,2,3! Matt Hardy vence Finlay e está qualificado.

Nota: **1/4

Luta até que boazinha, Finlay ficou bastante na perna direita de Matt, mas até que não atrapalhou tanto a luta.

Backstage com Tommy Dreamer, Zack Ryder e Rosa Mendez

Rosa e Zack andam pelos Backstages quando encontram Tommy, Zack diz pra Tommy que acabou e é pra ele ir embora, Dreamer então fala que está cansado de perder pra caras como Zack toda semana, e insulta Zack, e também diz que se Zack ganhar dele hoje, ele vai embora da ECW pra sempre...

Ezekiel Jackson, Vladimir Kozlov segment

Jackson vem para o ring e começa a falar sobre ele e Regal, diz que Kozlov também estava junto deles mas ele os traiu, e quando continua Kozlov o interfere e vem para o ring, ele tenta bater em Kozlov mas Kozlov aplica um Elbow Shot e em seguida o joga para fora do ring.

Backstage com Tommy Dreamer e Christian

Dreamer esta se preparando quando Christian entra e diz que o ama como um irmão e se ele quer mesmo aquilo, ele diz que tem algo pra provar e Christian concorda.

Evan Bourne vs Mike Knox - Qualyfing Match for Homecoming Tournament

Como ja era de se esperar Mike começa dominando, aplica o Toe Kick seguido de Fyre punchs, leva Evan nas ropes mas quando vai joga-lo pra fora Evan o puxa junto e os dois caem no ring side.
Knox tenta subir no ring e Evan vai pega-lo mas Knox o joga nas Barricades, de volta ao ring Knox ainda domina e aplica um clothesline e vai para a submission, Evan se recupera depois de alguns segundos e aplica alguns kicks seguidos de um Knee Shot, mas quando vai nas ropes Knox aplica um Running Cross Body em Evan, tenta o pin mas só 1 pela Rope Break, Knox então levanta Bourne mas o mesmo reverte outra vez um Knee Shot, ele sobe no corner pra tentar o Shooting Star Press mas Knox o derruba, mas quando Evan vai tentar um DDt do corner em Knox ele o coloca na Apron e quando volta leva um Roundhouse Kick e em seguida um Shooting Star Press.

1,2,3! Evan Bourne vence Mike Knox e está qualificado.

Nota: ***

Gostei da luta sim, apesar de ter sido um poco curta teve moves bem legais e tudo mais, e e Evan classificado é claro!


Backstage com Goldust, Yoshi, Calyen e Barreta

Yoshi está ensinando Japones para Goldust quando chegam a tag, eles dizem hoje é a última noite de Dreamer na ECW e que eles serão os novos tag team champions, Goldust fala algo em Japones e sai e eles dizem que aquilo significava que eles tinham medo deles.

Tommy Dreamer vs Zack Ryder - Se Dreamer perder ele vai embora da ECW

A luta começa com os moves basicos de cada um, Armdrags, Irish Wiph e terminam com um Bulldog de Dreamer em Ryder, os dois se levantam e Ryder tenta aplicar um golpe em Dreamer do corner mas ele o pega no ombro e aplica um Oklahoma Slam, tenta o pin mas só consegue 2, ele então levanta Ryder e aplica um Pumphandle suplex e Ryder rola pra fora do ring, Dreamer sai para a Apron e quando Ryder se levanta aplica um Running somersault senton, Rosa vem para ver Ryder e ele se escondem atras dela e aplica um punch em Dreamer e o jogo no steel Post.
De volta dos comerciais estamos em uma submission de Ryder em Dreamer em que Dreamer não consegue sair, Ryder aplica um knee drop seguido de um kick to the back em Dreamer, ele vai as cordas e tenta um cross body mas Dreamer o seguro e Ryder reverte em um DDT visando o braço esquerdo de Dreamer, tenta o pin mas só 2, Zack então tenta o Irish Wiph no corner mas Dreamer reverte e o manda la e quando vai aplicar um golpe Zack sai do corner e Dreamer vai direto no steel post.
Zack renta aplicar um running kick em Dreamer que o deixa no vacuo e em seguida aplica um Neckbreacker e logo depois um Spinebuster, tenta o pin mas outra vez apenas 2, Dreamer vai para o corner mas é derrubado por Ryder que tenta o superplex mas Dreamer o joga fora do corner, quando Dreamer tenta aplicar um golpe do corner em Zack ele reverte em um toe kick e quando vai aplicar um Zack Attack Dreamer reverte outra vez em um pin, mas outra vez apenas 2 e Zack reverte isso em outro pin, 2, Dreamer reverte outra vez em pin, 2, Zack reverte outra vez, 2 e Dreamer outra vez e apenas 2 e depois de tantos pins Zack vai nas ropes e quando volta aplica um Leg Drop em Dreamer.
Zack vai para o corner e Dreamer o derruba outra vez numa posição perfeita para um Running low-angle dropkick e E-C-W! Dreamer pega Ryder numa posição para o DDT e consegue aplicar! Milagres acontecem! 1......2......3! Dreamer consegue o pin mas o ref vê que Ryder tinha colocado o pé por baixo das cordas e manda a luta voltar, ela volta e Dreamer derruba Ryder novamente e aplica um Elbow Drop, tenta o pin mas Ryder reverte em outro pin, mas só 2, eles dois vão para o corner e Dreamer tenta aplicar um Belly to belly superplex mas Ryder reverte em um cross body seguido de pin.

1,2,3... Zack Ryder encerra a carreira de Dreamer na ECW...

Nota: ***3/4

Luta muito boa! Mas muito boa mesmo! Dreamer esteve ótimo e Ryder também, mas eu como sou um fã incondicional de Dreamer não gostei nem um pouco de sua derrota e de acabar assim...


Tommy Dreamer Segment de despedida

Ele começa dizendo de suas lembranças de quando assistiu a primeira luta na WWE e viu Roddy Pipper, diz também que aquilo sempre foi o sonho dele desde que tinha 9 anos de idade e que se você tem paixão pode fazer acontecer, fez isso na ECW Original e na WWE, diz que queria agradecer a muitas pessoas, a todos que ali estavam, todos da ECW Original e da New ECW.
Ele então diz que prometeu que não ia chorar mas é dificil demais, ele diz que considera o WWE Universe sua familia quando está trabalhando, e fala de suas filhas, então é mostrado Beulah (sua mulher) e suas duas filhas na crowd, ele diz que ama muito aquelas 3 letras ECW e que vai sentir falta de todos, e que ama todos, tira a camisa, beija as letras ECW e coloca a camisa no chão, desce do ring epega suas filhas e vai até a gate, as coloca no chão e faz sua Taunt, fala pras suas filhas darem um tchau e ele diz pra câmera que ama todos, da um beijo em suas filhas e vai embora...

Que fantástico... desculpem mais eu vou ser muito parcial aqui, muito mesmo, Dreamer sempre foi e sempre vai ser meu ídolo e não importa onde ele esteja, gostaria que o mesmo se despedisse com uma vitória, mas ja era de se esperar algo pior, foi bom ver a Beulah, ver as suas filhas la e ele interagindo com elas aquela imagina foi linda demais... É incrível como algo que você nunca viu de perto pode te fazer chorar...

Desculpem galera o emocional, e aqui termina mais um review da ECW...
Clique aqui para ler o resto

29 de dezembro de 2009

Monday Night Raw - 28/12/09

Aqui vamos nós com o review da última Raw do ano. Bem, no final do review tem um comunicado que eu gostaria de fazer. Mesmo que não queira ler o review, veja o final, eu te peço. Mas sem mais delongas, vamos ao show que está muito bom!

Bem, a Raw começa com Chris Jericho fora da arena... Com um mega-fone na mão ele tentou iniciar uma manifestação para forçar a WWE a desbaní-lo da Raw. Mas o público não o apoiou... E roda o clipe de abertura.

Logo após os fogos, vem a ringue John Cena, o Superstar de 2009. Ele vem a ringue e pega uma mesa, e a prepara próximo do corner, e senta sobre o turnbuckle. Cena diz que depois de perder seu título há duas semanas atrás, está ali para ter sua revanche, e que se os fãs estão excitados por isto, é para ficarem mais ainda, pois será uma Tables Match! Sheamus logo vem a ringue, e acaba com a graça de Cena, retrucando que não vai lutar numa Tables Match agora, e será uma luta simples, no Evento Principal da noite. Cena concordou, e quando Sheamus ia saindo do ringue, Cena pula do turnbuckle e aplica um Attitude Adjustment em Sheamus sobre a mesa, e sai do ringue deixando o campeão caído...

http://img121.imageshack.us/img121/5497/29592439.jpg

Nos bastidores tivemos um rápido segmento com o Anfitrião Especial da noite, Timbaland. Ao seu lado estavam as Bella Twins, e Gail Kim. Um segmento simples, apenas para dizer que ele lá estava, e mostrar a importância das mulheres na WWE. Logo apareceu Josh Mathews que entrevista Timbaland, o perguntando sobre a luta entre John Cena e Sheamus. O Anfitrião Especial faz um rap rápido falando nada com nada... Mostrando que vai ter uma participação de peso neste programa. Em seguida vemos nos bastidores Randy Orton conversando com Ted DiBiase e Cody Rhodes. Orton se queixa reclamando que ele quer está ao lado de campeões, e a Legacy falhou nisto. Ted retrucou dizendo que Orton também falhou. O Legend Killer retrucou mandando eles não se compararem a ele, e disse que a seguir eles passarão por um teste. Ted DiBiase irá enfrentar Evan Bourne, e Cody Rhodes encarará Mark Henry. Os dois membros da Legacy não gostaram muito da idéia, e chegaram a discutir um pouco, mas não deu muito tempo e Randy Orton saiu de cena, dirigindo-se para a mesa de comentaristas.

Ted DiBiase vs. Evan Bourne

O público não comprou o combate, e manteve-se morno. Talvez porque eles já sabiam no que isto iria terminar. Foi uma luta simples, esteve na faixa de 3 a 5 minutos. Ted aplicou seus golpes característicos, idem a Bourne. Ted dominou o combate, Bourne teve o seu momento na luta, e logo tentou o Shooting Star Press, mas DiBiase se recuperou e aplicou o Dream Street, finalizando a luta por pinfall.

http://img259.imageshack.us/img259/8653/79316120.jpg

Resultado: Vitória de Ted DiBiase por pinfall.
Avaliação: *1/2, eles não conseguiram vender a idéia.

Logo em seguida, já aconteceu o próximo combate.

Cody Rhodes vs. Mark Henry

Aconteceu o mesmo caso citado acima, porém aqui o desenvolvimento foi diferente. Henry foi quem dominou, e aplicou um incrível drop toehold, matando Rhodes. Porém Henry machucou a perna neste golpe, e quando voltou foi o suficiente para Rhodes trabalhar sobre a perna machucada, detalhe para Henry caindo sobre as pernas de Rhodes. O fim foi simples, com um pinfall de Cody após um DDT.

http://img686.imageshack.us/img686/1669/54402003.jpg

Resultado: Vitória de Cody Rhodes por pinfall.
Avaliação: *1/4, além de o público não ter dado bola pra luta, eles dois não possuem muita química em ringue.

Após o combate, Randy Orton com aquela expressão: "Malditos! Fizeram-me queimar a língua... Os caras são bons."

Nos bastidores, no lado da Degeneration-X. Triple H e Hornswoggle estão brincando, quando Shawn aparece com uma expressão séria em sua face. Hunter o pergunta o motivo daquela expressão, e Michaels responde que tem a ver com Bret Hart poder voltar a WWE. Triple H disse que lutou contra Michaels há 4 anos atrás, e hoje estão aqui, sendo bons amigos, e tudo terminará bem. Feito isto, Hunter pegou Hornswoggle, o pôs sobre um skate e empurrou-lhe... O anão atropelou Jilliam Hall, que estava cantando um dos sucessos de Timbaland. (Vergonhosamente, esqueci o nome da música)

Fora da arena, ainda vemos Jericho com o megafone, porém desta vez sentado numa cadeira, com cartazes pedindo para eles assinarem a sua petição... E como era de se esperar. NINGUÉM assinou nada. NINGUÉM nem parou...

Kelly Kelly vs. Maryse

Uma tradicional luta de divas, a face - Kelly Kelly - dominou, dominou, e dominou. Aplicou os golpes bonitos, e no fim Maryse aproveitou-se de um simples descuido e aplicou o DDT, seguido do seu magnífico cover.

http://img259.imageshack.us/img259/6497/24955889.jpg

Resultado: Vitória de Maryse por pinfall.
Avaliação: Luta de divas, * por terem exibido bem as curvas.

Em seguida a luta, Maryse pegou o microfone e disse que Melina está olhando ela, e sabe que nunca será sexy que nem ela, e vai ser a próxima Diva's Champion. Quando ia saindo do ringue, ainda acertou um chute em Kelly.

Fora da arena, Jericho continuou reclamando de ser vitima de uma conspiração, até que apareceu Big Show, e eles conversaram a respeito da luta entre a DX, ele e um parceiro misterioso. Show disse que é da Raw, Jericho do SmackDown, e estes são os fatos, mas ainda assim o quer na Raw, e entregou uma carta para Jericho, que o fez sorrir bastante...

Um pé pra direita, outro pra esquerda, não dobre o joelho, e lá vem ele, o Chairman da WWE, ao som de No Chance In Hell! Ele vem a ringue para falar sobre Bret "The Hitman" Hart. Vince saudou os fãs, ao som de: We want Bret. Vince disse que esta foi uma das idéias mais geniais, a de colocar Anfitriões Especiais (guest hosts), sendo eles queridos pelo WWE Universe. Vince disse que na próxima semana eles terão um Guest Host especial, e ele será Bret "The Hitman" Hart. Vince disse que os jovens fãs ainda não conhecem muito a história de Bret, então é para prestarem atenção num vídeo... E no Titantron foi exibido um belo vídeo a respeito de Bret, mostrando momentos da Hart Foundation, dele como o herói canadense... E também o fim de tudo, o trágico episódio do Montreal Screwjob, e cenas da entrevista de Vince à Jim Ross, numa edição posterior do Raw Is War (que você já pôde ler aqui no blog). Mr. McMahon disse que não traiu Bret - vaias -, e que Bret traiu Bret. E também citou que é um grande homem, e não guarda ressentimento, e aguarda por sua volta, ali naquele ringue, e irá estender a sua mão para um belo aperto de mão, pois o aprecia e o respeita. Vince disse, nestas palavras: Bret Hart mostre-me que você é grande, e eu não estou errado! E eu irei mostrar pra você que não guardo raiva, e na próxima semana... Destaque para os inúmeros What? que se ouvia da platéia. Stone Cold estava lá? Vince pediu para pararem com os Whats estúpidos... E finalmente disse: ”Na próxima semana, o próximo guest host vai ser... “ Pausa Dramática... ”Próxima semana, o guest host vai ser... “Mais uma pausa dramática... ”Só um minuto... Eu peço desculpas, mas Bret Hart nunca será um Guest Host do Monday Night Raw...”

http://img3.imageshack.us/img3/124/67423020.jpg

Sexy Boy toca... E lá vem Shawn Michaels. Vince mandou um sorriso sacana, típico de quem está sem graça, e sem o que falar... Vince introduziu Shawn Michaels com empolgação, o chamando deo Heart Break Kid... Shawn não foi recíproco, e manteve-se cabisbaixo. Michaels seguiu com as seguintes palavras: ”Você sabe Vince, algumas vezes, o suficiente, algumas vezes você evolui.. Você fica tão grande a ponto que não vê as pessoas, e nem você mesmo.

Vince: ”Shawn, eu tenho uma pergunta, é sobre você e Bret?”

Shawn: ”Eu não vim falar sobre Bret, vim falar sobre Undertaker. Eu ganhei o Slammy, e eu sei, e eu vou bater Undertaker, e terminarei com sua streak interminável... Isto vai mais do que fazer dinheiro, e na WrestleMania, Undertaker vs Shawn Michaels, numa revanche, faça isto!”

Vince negou-se a fazer esta luta, e falou para Shawn que se ele quer este combate, ele que fará tal acontecer. Vince então ia saindo do ringue...

HBK: ”Vince, antes de você ir, eu quero dizer uma coisa... Eu não posso entender qual é o seu medo de Undertaker... Você tem medo de Bret Hart? Você sabe Vince. Você não pode fechar este momento, traga Bret Hart para a WWE, traga ele pra cá ao Monday Night Raw. Eu prometo pra você. Se você fizer isto. Nada vai acontecer...”

O público continuava loucamente com WE WANT BRET, WE WANT BRET.

Vince: ”Primeiramente, eu não tenho medo de Undertaker, não medo de Bret Hart, não tenho medo de você, nem de ninguém nesta arena, eu não sinto medo de nada. “

Shawn sorriu: ”Somente uma boa coisa poderia acontecer...”

Vince: ” Somente uma boa coisa poderia acontecer...”

Eles ficaram neste joguinho psicológico rápido, e Shawn disse que se Bret vier, nada irá acontecer de ruim. Vince: ” Sim, uma boa coisa vai acontecer, na próxima semana, no ano novo, no primeiro show do ano, o guest host vai ser... vai ser... BRET "THE HITMAN "HART! Vince saiu sorrindo, e Shawn sério no ringue.

http://img686.imageshack.us/img686/8453/34295913.jpg

Josh Mathews faz uma rápida entrevista com John Cena, e FROM HELL aparece Sheamus que ataca Cena. Nos backstages as divas estão andando, MVP conversando com Timbaland... Kofi aparecendo e pedindo uma chance pelo United States Championship, e Timbland cedendo. MVP se intrometeu, e disse que antes de Kofi, ele, MVP terá uma title shot. Então apareceu The Miz com o seu título, e disse que Kofi vai ter a chance, e reterá o cinturão... Gail Kim apareceu, e Miz jogou charme pra cima dela, mas comeu vento... E os outros 3 negões zoaram um pouco. Timbland disse que a luta que Miz teria na semana que vem vai ser neste show. Miz: Really? Really? E os outros três de sacanagem: Really... Really... E todo mundo numa putaria generalizada: Really... Menção honrosa para Michael Cole fazendo Really...

The Miz vs. Kofi Kingston

Miz começou levando a melhor, jogou Kofi pro corner, bateu mais um pouco, e o botou pro meio do ringue. Miz subiu no turnbuckle, e quando foi pular sobre Miz, Kofi respondeu com um Trouble In Paradise.

United States Championship Match

Fomos para os comerciais, e na volta o combate já estava acontecendo. Kofi dominando e tentando finalizar a luta a todo custo. E depois de aplicar um Boom Boom Drop, seguiu pro Trouble In Paradise, conectou pro pinfall... E RANDY ORTON apareceu, atacando Kofi Kingston, aplicando um RKO, terminando a luta por desqualificação.

http://img12.imageshack.us/img12/7614/45368454.jpg

Resultado: Vitória de Kofi Kingston por Dusty Finish, The Miz retém o título
Avaliação: Muito rápido... *3/4

Depois de anúncios, Josh Mathews fez uma rápida entrevista com Randy Orton, que disse que na próxima semana finalmente tudo terminará, e no Novo Ano qualquer um poderá ver o placar final disto.

Degeneration-X vs. Big Show e ???

Antes da luta, Triple H com o microfone disse que este lugar tem Impacto... E... Are you ready??? ... Hunter zombou um pouco de Show, e disse que ele agora não terá o seu pequenino Jericho, mas um novo parceiro... E mandou um: Leeeeeeeet's get suckaaa! E do meio do público surgiu Chris Jericho, que ficou na arquibancada, mostrando o seu ingresso para assistir o show... E entrou Big Show. Acompanhado de Chavo Guerrero.

Chavo começou tentando atacar, mas HHH logo prevaleceu e fez tag com Shawn. Shawn entrou no ringue e sofreu um cadinho, e os heels começaram a "jogar sujo", e se revezaram no ringue, maltratando Shawn, que se recuperou e conseguiu fazer tag... Ficaram Big Show e Triple H no ringue, não demorou muito e rolou a bagunça de tag team match, e apareceu Hornswoggle pra ajudar a DX, e aplicando um pedigree em Chavo... Porém se deu mal –
isto tudo sem o juiz ver. Mas no final das contas, HHH aplicou um Pedigree em Chavo, e encerrou o combate. Jericho que estava no público foi invadir, mas levou um sweet chin music. Hunter pegou o microfone e disse que se Jericho realmente quer a revanche, ele a terá na próxima semana, mas se perder, realmente estará fora, sem tickets, nem nada, fora para sempre.

http://img3.imageshack.us/img3/4363/81515867.jpg

Resultado: Vitória da Degeneration-X por pinfall.
Avaliação: Mediano, **

Menção honrosa para a loirinha que estava ao lado do Jericho. Ela não estava acreditando que era ele mesmo... Só faltava pular em cima do cara.


John Cena vs. Sheamus
WWE Championship Match

Luta simples e rápida também. Eles começaram trocando socos, Cena levou a melhor, aplicou os Five Moves of Doom, e foi pro Attitude Adjustment... Porém Sheamus escapou, e se agarrou ao juiz, terminando o combate por desqualificação. Retendo o título. Sheamus fugiu, porém Cena correu atrás dele, e o trouxe de volta, bateu um pouquinho, comemorou, e aqui se encerra o show!

http://img121.imageshack.us/img121/4994/p10ks.jpg

Resultado: Vitória de John Cena por Dusty Finish, Sheamus retém o título.
Avaliação: Foi praticamente uma promo... *

Comentários:

Bem, faz tempos que não vejo uma Raw tão tão boa e empolgante assim. O show emocionou. A promo entre Shawn Michaels e Vince McMahon realmente me arrepiou. Eu era um dos contras a uma possível repetição da luta Undertaker vs. Shawn Michaels na WrestleMania 26, mas sabem... Uma coisa bem feita assim, eu não posso questionar. Sobre o dia 4 de Janeiro... Muitos estão falando que vai ser uma Monday Night Wars V2 e etc... Eu sou da opinião contrária. War, significa Guerra... Guerra é quando os dois competem, e apresentam perigo ao adversário. A TNA não mostra perigo algum. E a WWE vai botar isto em cheque na próxima segunda. Ela nem vai forçar muito o seu poderio bélico, apenas colocará Bret Hart... E é Adeus TNA. Quando eu era criança, meus pais sempre me diziam: - Nunca provoque os que são maiores do que você, pois eles podem te arrebentar de tal maneira que você não se recuperará mais. Pois bem, eu tentei isto uma vez, e posso lhe dizer amigo, o resultado não foi muito bom. Este é o preço que a TNA vai pagar por achar que está no páreo da WWE. Porém tem uma vantagem nisto tudo. Nos outros anos a TNA só vem prometendo. Em 2010 vai tentar fazer, e ver que está errado... Ou então dar certo, e eu queimar a língua. Mas dúvido muito, e se for o caso, vejo com potencial a rivalidade Randy Orton vs. Kofi Kingston para salvaguardar um futuro próximo...


Nota pro show: 7,6
Melhor Wrestler: Shawn Michaels
Mlehor Luta: DX vs. Big Show e Chavo
Imagem do show:

Wrestling é armado. Como a coroa sabia que Y2J estaria lá?
http://img259.imageshack.us/img259/5005/74092242.jpg

COMUNICADO: Alguém se candidata a fazer reviews da RAW???? Temos vagas abertas! Deixe um recado nos comentários, notificando o seu interesse.
Clique aqui para ler o resto

28 de dezembro de 2009

Olhar Crítico #8 - Melhores do Ano!

Bem, vamos lá... O ano está acabando, quem foi bem, foi, quem não foi, já era... Vamos agora para a premiação de MELHORES DO ANO, confira tudo isto e muito mais na continuação do post, e Justificardeixe sua opinião a respeito.

Melhor Federação:

Este é sempre um assunto delicado a se dizer. Isto porque é muito complicado afirmar que X federação foi melhor do que Y. Até porque, existem várias federações espalhadas pelo mundo. Eu não tenho uma Internet boa o suficiente para acompanhar tudo o que gostaria, e nem tempo livre para isto. Durante este ano de 2009 acompanhei várias federações, e posso dizer com convicção que não tem como se comparar uma WWE com NJPW, CMLL com TNA, e etc. Isto porque são empresas que se focam num determinado público alvo, logo o produto será diferente, compará-las é um erro. Assim como também é um erro comparar uma federação grande com uma independente, que possui poucos recursos financeiros. Porém, depois de uma pausa para pensar, cheguei a uma conclusão, e sem mais delongas, vamos logo a vencedora:

WWE

Muitos são os críticos, em qualquer comentário se pode encontrar um "entendido" de wrestling que diz: WWE não é Wrestling, as Indys é que são... Ok, eu não discordo que em federações do circuito independente os combates apresentem uma variedade de golpes maior, mais plásticos, e etc. Porém, devo ressaltar também que wrestling não se resume a golpes... Vai muito além disto. Wrestling é storyline, carisma, entretenimento. E nisto, meus caros, eu não posso negar de que a WWE ainda é a força maior no mercado. Neste ano de 2009 a WWE se focou em valorizar os cinturões de midcard, trouxe novos nomes para o topo, até de forma arriscada... Mas parece estar funcionando. Ela também nos proporcionou bons pay-per-views... Claro, também passou por seus momentos ruins, mas todo mundo passa por uma fase assim.

Por que a WWE foi a melhor do ano?

Simples, apesar de a concorrência ser praticamente inexistente, a federação em questão ainda assim nos brindou com belos combates, umas duas rivalidades interessantes ao longo do ano, e quem assistiu aos shows da WWE em 2009 não pode dizer que foi tudo uma simples e grande perca de tempo. Isto é pouco? Então basta citar que neste ano tivemos o Lendário combate entre Shawn Michaels e Undertaker no maior palco de todos, que apenas não recebeu ***** de Dave Meltzer por uma falta de background... Este foi O ANO da WWE? Não, de longe. Mas ainda assim foi um bom ano, melhor do que os 4 últimos, e melhor do que o das prováveis concorrentes.

O que faltou para as concorrentes vencerem?

Bem, para a TNA faltou uma coisa bem simples: Ser uma federação de wrestling. Com sinceridade, não gostei deste ano para a TNA. Ela simplesmente ficou na promessa... Teve bons combates? Sim, teve uns 5 por aí ao longo do ano... E o que mais? Agora neste final mostrou audácia ao fazer uma parceria com Hulk Hogan e o museu antiguidades do wrestling... Podem incomodar um pouco a WWE, de fato, mas para a federação ser a melhor do ano ainda falta talvez uma década...

As duas grandes potências mexicanas durante este ano me desapontaram. Sim meus caros, este ano as duas estiveram desleixadas, fizeram o mesmo show ao longo de 2009 inteiro. Talvez poucos acompanhem, mas quem acompanha sabe do que digo. A WWE em contrapartida teve seus méritos, apesar de cometer seus erros, como citei, suas concorrentes foram muito fracas este ano...

Eu sei, eu sei, o caro amigo que curte puroresu deve estar se roendo de raiva neste exato momento. Cadê a NJPW? NOAH? Bem, a NOAH este ano teve uma grande perda, que foi a morte de Misawa. Desde então, eu não consegui ver a federação com os mesmos olhos, não sei se foi comigo, ou com eles, mas ficou diferente. E também não vi presente o brilho de federação do ano por lá. A WWE também não teve este brilho, mas aqui vai uma singela diferença entre ambas, que apesar de ser injusto, não deixa de ser uma realidade. Se eu vou acompanhar um combate de wrestling, eu tenho que ter em mente que eles são atletas treinados, para fazer uma exibição sobre um ringue, porém seguindo um roteiro. Certo, mas qual é a graça de ver apenas uma bela exibição, sem um grande contexto em volta disto? É neste quesito que a WWE sempre está um ponto a frente das demais. Poderiam citar NJPW, mas este ano também achei diferente. Muitos shows que eu vi falarem: ”Nossa! Que foda!” me deram sono... Questão de opinião... Sem contar que, acompanhar tais federações é um tanto quanto complicado, eu confesso que vi apenas uns eventos, e não todos, mas por eles dá para se ter uma boa base, e sei que quem acompanha não vai discordar muito de mim.

Existe também a outra pergunta: E quanto as federações independentes?

Aqui vai a premiação de federação spot do ano. Essa é aquela federação que produziu um (ou mais) bons eventos, e não desagradou, porém faz parte do circuito independente;

DGUSA

Bem, você realmente não espera que eu acompanhe todas que existem pelo mundo, né? Destas, acompanhei ao longo de 2009 umas duas apenas, ROH e BWF. Talvez devo ter assisto uns shows da CZW, BJW, outro da CHIKARA, DGUSA, e PWG. Não posso citá-las como concorrentes para federação do ano. Por quê? Existe um grande problema nestas federações – Elas enjoam. Sim, é isto mesmo. Você começa acompanhando ROH, e depois de tanto assistir, enjoa. Perde a graça. Quando começa a querer avançar lutas, já não está dando muito certo. Quando vê apenas os shows que tem X wrestler... Enfim, eu tive este sentimento com relação a ROH e BWF. CZW foram apenas umas lutinhas, porque eu não gosto da federação, apesar de ter uns combates interessantes sem ser hardcore. Então meu destaque ficará por conta das outras 3 que foram citadas, e digo que não tem como deixar passar em branco a respeito da DGUSA. Eu assisti dias desses um pay-per-view, Enter the Dragon... E devo dizer, não me arrependi nem um pouco de ter baixado, e não digo: perdi tantas horas assistindo, digo: deliciei-me por várias horas assistindo e re-assistindo. De fato, não posso deixar de premiá-la neste especial. Como eu disse anteriormente, esta não é uma federação como WWE, a qual você acompanhe uma storyline, que tenha um belo desfecho... Mas sim uma federação que faz um belo show para guardar no computador, e quando estiver sem nada para fazer, assistir, ou naquela época enjoativa de wrestling...

Melhor Show semanal:

... Esqueçam as federações, vamos falar agora dos shows semanais. Obviamente existem mais shows semanais de wrestling do que imaginamos, mas nem eu sei quais são eles, é inviável ficar citando todos, mas dos importantes podemos citar o Impact, Raw, ECW, Superstars, SmackDown, e agora o ROH on HDNET. Como eu posso escolher o show da semana? Esta é uma decisão um pouco complicada. Isto porque nenhum show atualmente conseguiu se manter numa media boa, sem decepcionar. Todos eles tiveram altos e baixos, mas ainda assim um se sobressaiu.

SmackDown!

Quem não gosta da brand azul? No começo do ano estava num nível mediano/boa, no período pós-WrestleMania carregou a WWE nas costas, porém depois do retorno de Batista e Undertaker, as coisas voltaram a decair um pouco, mas nada que me faça dizer: ”Que bela merda foi este show!” De longe, o SmackDown consegue ser uma central de desenvolvimento com qualidade, e um show de entretenimento. Isto porque além de “pushar” vários wrestlers, ainda assim mantém a sua proposta original. Aqui no SD! que Punk conseguiu seu lugar no Main Event, e agora está ali no up midcard contribuindo para o sucesso de R-Truth, neste mesmo SD! temos John Morrison, que vem fazendo bons combates, e o nascer de novos talentos, como Drew McIntyre... A brand de Undertaker, Edge, e agora Chris Jericho manteve um grande nível, e ainda faz belos shows, e foi o cartão de entrada da WWE por muito tempo. Este prêmio vai pros mares azuis do show que completou uma década em 2009.

Por que não os outros?

Raw? Impact? Não há como estes shows terem sido melhores do que o SmackDown foi neste ano. A Raw esteve interessante, repito, interessante no começo do ano por causa da rivalidade entre os McMahons e Randy Orton, mas logo voltou a murchar... Só após o ângulo envolvendo Donald Trump, é que o show voltou a ter uns fracos batimentos cardíacos significando que ainda tem salvação. Mas agora é tarde demais. Impact? Isto foi uma piada. Quem aqui já jogou SNES (Super Nintendo)? Alguém se lembra das fitas 5 in 1, com aquela tela azul, os nomes em branco... Lembram? Assim pode-se dizer que foi o Impact neste ano, a TNA comprimiu três shows em um. Isto só mostra a urgência que se necessita de um novo show semanal para a TNA, e este show deveria ser as sextas ou terças, para bater de frente com ECW ou SmackDown... ECW este ano foi uma forte concorrente com o SmackDown para ser o melhor show semanal, foi sempre a ECW quem se manteve no ritmo, sem piorar ou melhorar, e tudo isto graças a um nome: Christian. Mas a brand passou por um momento negativo quando perdeu seus superstars para a Raw, e agora que voltou a tomar jeito. Bem, se não mexerem em nada, ano que vem ela será a vencedora, pois a ECW se resolve sozinha, sempre aparecem bons wrestlers por lá. Superstars é outro show semanal que vale a pena acompanhar, mas ele cai no mesmo caso da ROH. Faz 3 shows legais, depois 3 shows chatos, um show ruim, depois um show legal. Não dá pra confiar nele, não dá pra chamar os amigos e dizer: Vamos ver o Superstars, porque hoje vai ser bom.

Wrestler do ano:

Para dizer quem foi o melhor wrestler do ano, tem que se entender muito bem o que é um wrestler. Um wrestler não é apenas um cara que saiba lutar, e nem um cara que saiba atuar – ser bom no microfone –, e o Wrestler do ano não pode ser apenas o cara que apresentou essas duas características, tem que ser o cara que teve um belo destaque, mas não por parte da equipe criativa, e sim por ele mesmo. Nesta categoria eu realmente fiquei em dúvida sobre quem escolher. Meus candidatos foram: CM Punk, AJ Styles, Kurt Angle, Chris Jericho, John Cena...

Os wrestlers da TNA deram um show neste ano, AJ Styles esteve envolvido em grandes combates, o que se torna uma redundância, mas mais do que isto, a última luta de Sting foi com AJ Styles. Não dá para negar que neste ano AJ esteve por cima. Kurt Angle idem, fez recentemente duas belas lutas com Desmond Wolfe, e ao longo do ano esteve firme e forte dando push para as novas caras, como Matt Morgan, entre outros. Mas não, eu não vou dar o prêmio para eles, porque ambos fizeram o mesmo que fizeram em 2008, e o mesmo que farão em 2010, isto é bom, pois são grandes wrestlers, é sinônimo de show. Mas este ano não foi dominado por eles.

2008 foi o ano de Chris Jericho, sem dúvidas. Ele arrasou, simplesmente isto. Este ano teria tudo para ser dele também, ou então ter uma forte briga com Edge – que infelizmente se lesionou –, Jericho foi genial ao conseguir salvar uma rivalidade que tinha tudo para dar errado. Alguém em Janeiro realmente ficaria ansioso para assistir uma luta entre Jericho e três coroas? Pois é meus amigos, Jericho foi capaz de levar aquela rivalidade nas costas, rivalidade a qual achei muito errado de ter caído nas costas de Jericho. Seria muito mais interessante se outro heel tivesse “feudado” com as lendas, isto ajudaria a pushar outro talento, eu teria dado o cargo para Jack Swagger, que faz bem este estilo. O que não fez de Jericho ganhar este prêmio, é que realmente o vencedor se superou...

Aqui estamos nós, entre CM Punk e John Cena... Se tivesse sido esta a última luta no torneio no Slammy Awards, teria sido bem mais legal hein... E o resultado seria o mesmo. O wrestler do ano vai para: John Cena

Assim como se doeram na premiação concebida pela WWE, aposto que muitos devem estar se doendo agora também. Mas neste ano de 2009 John Cena se superou. CM Punk foi um grande wrestler? De fato foi, o seu heel turn foi bem trabalhado, porém existe um diferencial entre ele e John Cena. O ex-WWE Champion teve uma desenvoltura gigante. Se pegarmos uma luta dele em 2007, outra em 2008, e compará-la com uma luta em 2009 veremos uma grande diferença. John Cena não foi overrated. Isto porque ele realmente foi um cara de Main Event. Seus combates foram muito bons, fez grandes lutas com Randy Orton – mesmo sendo uma feud repetitiva –, e nas duas últimas Raws você pode ver a desenvoltura de Cena, nos combates contra Jack Swagger e CM Punk. O Straight Edge foi como peixe, morreu pela boca. Cena é a face da WWE, e disto ninguém duvida, e neste ano ele foi a melhor representação da firma, e não deu motivos para ninguém reclamar, seu reinado foi bom, e sólido.

Rivalidade do ano:

O ano de 2008 foi marcado por grandes rivalidades, Undertaker vs. Edge, e o remake/continuação da feud entre Shawn Michaels vs. Chris Jericho. Já agora em 2009, o que tivemos? A repetição da repetição da repetição de John Cena, Randy Orton, Triple H, e a repetição de Edge e Cena... Mas ainda assim teve uma que foi boa, Jeff Hardy vs. CM Punk. Teve algo na TNA para se destacar? Não. Poderia ter tido uma fodástica rivalidade entre Frontline vs. Main Event Mafia... Porém com a faca e o queijo na mão, botaram tudo a perder... Eu poderia citar aqui as duas encrencas em que o Jericho se meteu. A contra Rey Mysterio que rendeu bons combates, e que a WWE fez bem em evitar que Rey falasse no microfone. Mas como eu diria... Não foi uma rivalidade pra se dizer: Cara, em 2009 o Rey feudou com Jericho... Idem digo para as lendas e Jericho. DX vs. Legacy? Teve até um desfecho bonito, mas... faltou coisas ali. DX vs. Jeri-Sow? Bem, no último trimestre realmente foi o grande destaque. Mas na certa os fãs de Jeff Hardy vão se lembrar sempre deste ano de 2009 pela rivalidade dele contra CM Punk, então não tem como o resultado ser diferente, e a rivalidade do ano foi:

CM Punk vs. Jeff Hardy

Não vou contar como ela foi, pois todos sabem. O término também, e que, aliás, agradou a muitos. Esta rivalidade teve belas lutas, uma boa duração, uma boa estruturação, foi à rivalidade do ano, e está fora de discussão. Eu poderia citar aqui Shawn Michaels vs. Undertaker sem medo de ser apedrejado, mas eu não considerei isto uma rivalidade. E mesmo que fosse, foi feito “nas coxas”, muito rápido... Eu poderia citar aqui também os McMahons vs. Randy Orton. Porém esta história ia muito boa, até voltar a ser o que sempre é. E sai ano e entra ano, ver a mesma novela torna-se chato. Nesta rivalidade teve a fixação de CM Punk como estrela da WWE, a demissão do Hardy, emoções por aí a fora... E também, não teve nenhuma outra rivalidade neste ano com bom nível de lutas e bom background para se comparar a tal. Fica aí.

Melhor Storyline do ano:

Aqui teríamos três fortes concorrentes, se o mundo não fosse tão injusto... desigual... blá! Blá! Blá! Blá! Na CMLL tivemos uma boa storyline envolvendo Negro Casas e Místico... Na TNA o ocorrido de Main Event Mafia e Frontline... E na WWE além da famosa “Eu vou tirar a streak de Undertaker”, teve essa história de guest hosts... Bem, na CMLL o óbvio aconteceu, e estragou tudo, e eu até parei de acompanhar. Na TNA, Vince Russo. Na WWE restou então o clichê: Eu tirarei a streak de Undertaker! Aqui vai o diferencial de um bom wrestler, para uma lenda. Você botaria fé numa história dessas? Acreditaria que isto realmente seria interessante e de certa forma, nos deixaria com a dúvida de, será que chegou a hora da primeira derrota de Undertaker? Pois é... Shawn Michaels e Undertaker, em 3 semanas elevaram majestosamente o nível desta storyline, e eu realmente a considero como a melhor do ano, até que me provem o contrário, e nos apresentou o resultado mais óbvio da história, porém ainda assim mais emocionante de todos. Melhor storyline: Undertaker, eu vou tirar sua streak em WrestleMania!

Diva do Ano:

Apesar de eu ter colocado Diva, incluo também as Knockouts... Oras, é tudo mulher... Bem, é clichê citar que divas não recebem o destaque, e etc... Alguém aqui compraria um pay-per-view para ver uma luta de divas? Digo, no mesmo pay-per-view que vai ter Shawn Michaels vs. Chris Jericho, Undertaker vs. Triple H, Edge vs. Christian… Eu só conheço 2 pessoas que realmente comprariam um pay-per-view por causa da luta feminina. E na certa o cara não está lendo isto (na verdade, agora está, porque estou pedindo para ele ler). Mesmo com ninguém se importando com elas, ainda assim as mulheres fazem uns shows interessantes, além de exibirem suas curvas. Se a WWE desse um pouquinho mais de atenção para a Natalya Neidhart, teríamos ela como vencedora. Mas a Diva do ano é mais do que uma mulher que saiba lutar, tem que ser a mulher que mais lutou, mais entreteu, e neste quesito apenas uma pode vencer: TARA.

Atual TNA Knockouts Champion, a mulher nunca foi de se exibir, fez boas lutas na WWE, faz boas lutas na TNA... Ela realmente nos deixou preocupado, dizendo que abandonaria o wrestling. Mas por sorte, a TNA aproveitou o término da clausura e a pegou... É... Eu também gostaria de ter pego ela... Enfim, não tenho muito mais a dizer, ela não teve muitas concorrentes, a única que seria sua concorrente de peso – literalmente – não brilhou muito neste ano, Awesome Kong...

Melhor Pay-Per-View do ano:

Provavelmente muitos vão se esquecer o que este ano já nos brindou. Wrestle Kingdom III, lembram-se? Foi um belo evento... Não teve um combate que eu consideraria mediano – ou que eu me lembre. Porém, por parte da WWE tivemos 3 pay-per-views que valeram pagar.... Estou me referindo ao No Way Out, Survivor Series, e TLC. Eu estava em dúvida entre estes 4, e o Enter the Dragon. Mas cheguei a conclusão de que o melhor pay-per-view não tem que ser apena aquele que teve belos combates, mas sim aquele que mais criou expectativa, e correspondeu a tal. Bem, nisto logo eliminamos o evento da DGUSA, até porque não tem muito o que ficar animado, quando não se tem uma história para ser posta no evento.

O Survivor Series não apresentou nenhuma storyline decente para as Survivor Series Matches. Então, apesar de ter tido bons combates, eu o excluo desta lista. Restaram agora o da NJPW, e o TLC e No Way Out. Eu devo dizer que vocês são obrigados a assistir o Wrestle Kingdom para entenderem o motivo de eu estar em grande dúvida. No No Way Out além das tradicionais Elimination Chambers, aquela No Holds do Shane foi bem interessante, sem contar que neste mesmo pay-per-view tivemos o fim da storyline entre JBL e Shawn Michaels. Eu não me recordo de nada ruim neste pay-per-view, nada mesmo. O TLC foi um bom evento, até mais Extreme do que o Extreme Rules foi. Com 3 grandes lutas, mas foi apenas um evento interessante.

Eu realmente diria que tivemos aqui um empate, mas não, o No Way Out mexeu muito mais com as minhas emoções, e não é porque eu seja um fã de WWE, mas por tudo em si, tenho a certeza de que com o pior dos smarks aconteceu o mesmo, e a versão derradeira do No Way Out eu digo que foi o pay-per-view do ano.

Wrestling não teria graça sem as tag teams... Tivemos grandes equipes no passado, Freebirds, Rock’N Roll Express, Midnight Express... Outras mais recentes como New Age Outlaws, estas que vem e que vão como a Degeneration-X... Chegou a hora de escolher qual foi a melhor deste ano:

Tag Team do ano:

Eu não ficaria em dúvidas quanto a isto se não tivesse acontecido a tragédia que aconteceu. Edge, por que tu teve que se lesionar? Sem dúvida Edge e Jericho dominariam o ano... No lado da WWE não teve nenhum destaque, com a exceção da DX... Por parte da TNA, os Motor City Machine Guns não tiveram a oportunidade que mereciam. A divisão se fechou entre os British Invasion, Team 3D, e Beer Money. Mas nenhum teve o destaque da tag team do ano.

Por outro lado, no meio das independentes, ali circulando pela ROH, DGUSA, teve uma tag team que fez grandes lutas, e mostra uma química incrível. Estou falando da tag vencedora; Young Bucks!

Eu reconheço que não dava muita bola pros dois até um mês atrás, já havia visto duas ou três lutas deles, e achava eles bons. Mas depois de assistir o Freedom Fight, e o Enter The Dragon... Mudei de idéia. E como em 2009, tanto a WWE, como TNA não nos apresentaram grandes tags, e por parte do México o de sempre, o prêmio vai para eles. Se quiser ver/conhecer um pouco melhor esta dupla, veja uns trechos a seguir:

Momento Oh My God! do ano

Este aqui é um que apenas a WWE ou TNA podem oferecer. Tivemos fortes concorrentes. A parceria entre a TNA e Hulk Hogan se encaixa nesta categoria, e eu vigorosamente afirmo que exclamei: OH MY GOD! quando fiquei sabendo desta notícia... Também a “venda” de suas ações para Dixie Carter foi um OMG... Mas não é esse timo de Oh My God que marca o ano... No ano passado o OH MY GOD foi quando John Cena retornou no Royal Rumble, isto porque realmente ninguém esperava, não tinha spoilers, nada!

E para este ano, aquilo que você, caro leitor, não esperava, era ver...

Undertaker retornando no SummerSlam, daquela forma.

Spot do ano:

Um belo spot tem que mostrar perigo, beleza, e etc, etc, etc… E também, SER ÚNICO. Na certa eu poderia citar aqui uma caralhada de spots que acontecem em combates da TNA. Porém, como citei, eles são muito repetitivos. Na WWE, por sua vez, tivemos spots interessantes, como aquele swanton bomb de Jeff Hardy em CM Punk no SummerSlam. Poderia citar também o leg drop de Jeff sobre a cadeira, na WreslteMania. Mas estes spots são, ainda assim, comuns. Um spot que realmente me encheu os olhos, e me fez voltar o vídeo várias vezes para assisti-lo, foi justamente este:

Big Show jogando John Cena no refletor de luz – BackLash

Talvez muitos discordem que seja este o SPOT do ano. Talvez seja aqui a única hora que o meu gosto falou mais alto. Porém, diz aí quem não gostou de ver o Cena (gostando ou não do cara) atravessar o refletor, e resultar em várias explosões? É pra dizer: Mataram o cara...

Enfim pessoal, aqui termina a premiação de melhores do ano. Tentei ser o mais imparcial possível nas escolhas. Gostaria de saber da opinião de vocês! Grato! Amanhã vem a outra parte... OS PIORES DO ANO! Vejo você mais tarde! ;)
Clique aqui para ler o resto
 

©2009 Are you ready to wrestling? | Todos os direitos reservados